Iniciativas

Deixe um comentário

25 de setembro de 2012 por Edê


Iniciativas.

O período eleitoral é sempre uma grande festa. Alguns chegam a dizer que é a festa da democracia, porém, não vejo nada de democrático no fato de sermos obrigados a votar…. Calma, vejam, bem, meu objetivo não é questionar o direito do voto, até por que sei que esta foi uma conquista histórica.

Embora não tenha vivido em épocas de direitos cerceados, onde imperava o voto de cabresto, ou então, nem se tinha a possibilidade de escolher os governantes, penso que este direito (ou dever) que temos atualmente, deveria ser levado mais a sério. É claro que quando eu faço essa observação, algumas pessoas falam: “Mas se nem os candidatos levam a sério! Só fazem campanha para depois poder cobrar um “carginho” público. E o pior, se chegam a se eleger nem sabem o que tem que fazer!!!”

Talvez isso realmente aconteça, mas acredito que muitos candidatos tenham o sonho de ver a sua cidade, estado ou país crescer e se desenvolver, independente do salário que venham a receber por exercer um cargo eletivo. Garanto que até o fariam de graça, assim como prevê a PEC 35/2012 (Altera os arts. 29 e 29-A da Constituição Federal para vedar o pagamento de subsídio a Vereadores e alterar os limites de despesa do Poder Legislativo nos Municípios com até cinquenta mil habitantes.)

O pior são aqueles candidatos que dizem: “eu nem queira me candidatar, mas o fulano faz questão”. Em minha opinião, isso sim é ultrajante. Imagine alguém “forçado” a se candidatar! Se chegar a se eleger é manipulado feito um fantoche!

O fato de tomar a iniciativa e se colocar disposição para uma candidatura, muitas vezes traz uma série de desconfianças ou comentários (como os expressados acima), mas penso que ainda assim é necessário. Quem garante que um dia não vai aparecer o cara certo? Como saber?

Lembro-me que na última eleição, alguns candidatos vinham a minha procura para apoiar a iniciativa da AEUSAP (Associação dos Estudantes Universitários de Santo Antônio da Patrulha), na questão do transporte universitário. Alguns deram amplo apoio, outros disseram que jamais conseguiríamos, mas o interessante é que após a eleição, nenhum daqueles voltou a me procurar para saber a quanto andava o processo. Felizmente, graças a esta iniciativa e ao trabalho e dedicação de grupo de pessoas, hoje esse auxílio ao transporte universitário existe.

Popularidade, altos investimentos em campanhas, discursos inflamados, não são o suficiente para refletir um bom trabalho. Nem mesmo um diploma universitário se traduz em competência e compromisso com projeto sério.

Penso que o candidato ideal é aquele que mesmo com a derrota, não deixa de apoiar iniciativas e se coloca a disposição para o trabalho, seja voluntário ou comunitário. É aquela pessoa engajada, que surge como representante de um projeto, que acredita que um mundo novo, justo, solidário e sustentável.

Se você concorda com estas palavras, pense bem na hora de votar. Se não encontrar alguém que mereça o seu voto, anule. Esse também é um direito seu!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Agenda

setembro 2012
D S T Q Q S S
    out »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
%d blogueiros gostam disto: