Qual é a medida certa?

Deixe um comentário

18 de outubro de 2012 por Edê


Teoria da Contradição

É difícil acreditar nas notícias que vemos por aí. Toda essa movimentação em torno do Ronaldo Fenômeno, apresentada pelo Fantástico no quadro “Medida Certa”, já é um absurdo, agora, com relação ao que esta sendo vinculado na internet sobre o pagamento de 6 milhões para que ele emagreça, aí já ultrapassa todos os limites da ética e do bom senso.

Até pode ser que o “Criança Esperança” colabore com alguns projetos, mas o lucro da Rede Globo em realizar este projeto deve ser muito maior… Esse cachê pago ao Ronaldo não é nada comparado ao ibope que ele proporciona para essa “firma”.

Durante o ano de 2010, tive a oportunidade de participar, junto com Camila, minha esposa, de um projeto missionário na África. Vivemos aproximadamente 10 meses em Moma, uma pequena vila na província de Nampula, norte de Moçambique, juntamente com dois padres e outra jovem de Gravataí.

Falar de África e não falar de fome é quase impossível. Realmente, o que vimos, o que presenciamos, inegavelmente é um absurdo. Moçambique é um dos países mais pobres do mundo. Famílias de cinco pessoas ou mais sobrevivem em média, com o equivalente a U$ 1,00(dólar) diário. A grande maioria da população só tem uma refeição por dia.

A realidade em muitas comunidades, principalmente as do interior é de se desesperar. A fome e a morte, muitas vezes andam juntas. Certa vez, ao questionarmos o morador de uma comunidade, sobre quantos filhos ele tinha, sua resposta nos atingiu como um soco. Ele nos disse que tinha três filhos, mas que o primeiro já havia morrido. Quando perguntamos a causa da morte, ele respondeu com grande naturalidade: “Morreu de fome quando ainda era bebê. Minha mulher não tinha mais leite, a criança morreu”.

Infelizmente esse não era um caso isolado. Muitas famílias moçambicanas passam por este sofrimento. Diversas doenças atingem os povos africanos com muito mais força, devido a sua pobre alimentação.

Pessoas e instituições do mundo inteiro mandam recursos para África, (até como desencargo de consciência) só que este dinheiro, na maioria das vezes, se perde pelo caminho. A corrupção dos governos é algo inexplicável. Os governantes enriquecem as custas do sofrimento do povo. A fome na África acaba sendo um negócio lucrativo…

Penso que o problema da fome só vai ser solucionado quando a ganância humana der espaço à solidariedade de fato. Gastamos muitas vezes nosso dinheiro em academias e remédios para emagrecer. Chegamos a fazer reduções de estômago, numa sociedade onde cresce o número de obesos. A Teoria da Contradição.

Enquanto não tratarmos o problema da fome como um problema NOSSO, continuaremos engordando e engordando ainda mais o bolso dos que se beneficiam com a fome alheia.

                

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: